Arquivo da categoria ‘SENTIMENTOS…

. . *Um escrito…   Leave a comment

 

 

 

Anúncios

Publicado 16 de setembro de 2011 por Policxenia em SENTIMENTOS...

O DESPERTAR DO AMOR   Leave a comment



O despertar do amor…

Em meio de sábias palavras

Alguém disse:

“Єxistє sємþrє ησ
мµηđσ,
µмα þєssσα qµє єsþєrα α σµtrα.
Sєjα ησ мєiσ đє µм đєsєrtσ
σµ ησ мєiσ đαs grαηđєs ciđαđєs.

Є qµαηđσ єstαs þєssσαs sє crµzαм,
є σs sєµs σlhσs sє єηcσηtrαм,
tσđσ σ þαssαđσ є тσđσ σ fµtµrσ
þєrđєм qµαlqµєr iмþσrtâηciα …

Є só єxistє αqµєlє мσмєηtσ,
є αqµєlα cєrtєzα iηcrívєl, đє qµє
tσđαs αs cσisαs, đєвαixσ đσ Sσl fσrαм
єscritαs, þєlα мєsмα мãσ …

Ą мãσ qµє đєsþєrtα σ αмσr !
Є qµє fєz µмα αlмα gêмєα
þαrα cαđα þєssσα.
Pσrqµє sєм istσ, ηãσ hαvєriα
qµαlqµєr sєηtiđσ,
þαrα σs sσηhσs đα rαçα hµмαηα”

Pena que a raça humana

Está de lado deixando,

a  magia do sentido da vida.

Age como se do outro lado,

caberá os impérios construídos.

Se esquecendo que a única riqueza

que levaremos para a eternidade,

são o sentido da alma e as conquistas

alcançadas pelos feitos do coração.

(I.Marko…)

AMOR

Alguns dispensam os nobres sentimentos

Por não acreditarem que o amor,

tem varias formas de ser, expressado.

Não acreditam  que ele rompi
barreiras.

Que deixá-lo fluir ainda é o mais
sensato.

Vive-lo é mais saudável…

Mesmo que nos traga dor.

Pois a dor de não vive-lo,

com certeza é maior que vive-lo.

(Irene Marko…)


SER
CANASTRÃO

Preconizei
um sentimento

Para
esquivar o amor

Ostentando
um indômito

Pela
empírica de um jogador.

Tornei-me
um pacóvio

Ofuscando
minha adesão

Pelo
capricho vadio

De
um arrogante canastrão.

Que
ser grandioso…

Harmonioso,
pícaro e primoroso

Consegui
tornar-me ermo de paixão.

E
incrédulo, julguei ser fabuloso.

Que
ser maravilhoso…

Inepto
da inefável solidão

Viajo…
Tentando enganar

A
existência da voz do coração.

(Irene
Marko…)

FALE…

Fale, fale sempre.

Fale com o grafite.

Pois o segredo

da alma limpa,

é o poder da voz

do coração…

Deixe-o falar

Deixe-o cantar…

(Irene Marko…)

Um dia a gente desperta
e descobre

Que tudo que deixamos de
viver

E o que causa mais dor.

A dor causada pelo que
vivemos,

É uma dor suportada…

Por que sabemos que
tentamos,

Sabemos que ariscamos e
vivemos.

Viver é uma eterna
buscar,

E um eterno aprendizado

E a buscar do amor é o
caminho.

(Irene Marko…)

Publicado 27 de setembro de 2009 por Policxenia em SENTIMENTOS...

LEMBRANÇAS   Leave a comment

LEMBRANÇAS

Li tantas palavras de amor hoje

Que acabei me lembrando de você.

Pena que você não levou meu amor a sério.

Pena que você só acredita

Que só se ama sexualmente.

Pena que você não quis saber

Como se ama com palavras e sentimentos.

Pena que você não deixou…

Eu te sentir, eu te ouvir, eu te amar,

Dessa forma moderna de amar.

Mas… Que aprendi com você.

(Irene Marko…)

MUSO…

 

 

 

MEU  “MUSO”

MEU  “MUSO”

Nossa…! E como me sinto feliz

A cada por do sol que se vai

Nasce mais uma noite enluarada.

Mesmo quando ela está à escura

Ela está presente em meu ser.

E a cada dia acinzentado

Faço dele um arco íris,

Cheio de luz e esperança,

Mesmo sabendo que um dia

Um dia desses… Perdi.

Perdi minha fonte inspiradora

Que chamava de meu “Muso.”

Sim… Meu  “Muso” ele é meu,

Então (vou chamá-lo como quiser)

Com tudo vivo feliz e…

Continuo vendo tudo colorido

Transformando cada minuto

Desta pequena  vida existente

Em grandes momentos eternos

Porque a alegria e felicidade

Não está ao lado e sim..

Dentro de nós.

(Irene Marko…)

 

INESQUECÍVEL

Esse sentimento estranho

Que sinto por você,

É que alimenta

E sustenta minha saudade.

E a hipótese de você

Não mais voltar

Faz-me sentir

Uma enorme solidão

Mesmo sabendo

Que não estou só.

Que não deixo de amar.

Mas deixo algo importante

Algo precioso

Que não sei explicar.

Mas fica-me a certeza

Que não o esquecerei

E que por mais estranho

Que esse sentimento seja

Ou tenha sido

Ele me parecerá

Um amor perdido.

Onde se vivido

Da forma que viesse

Ele seria um “AMOR”

Verdadeiro.

(Irene Marko…)

Publicado 30 de novembro de 2008 por Policxenia em SENTIMENTOS...

PRECISO   7 comments

PRECISO”

Preciso de alguém que saiba

Que a vida…

É uma luta e lute-a

Que é um jogo e jogue-a

Que é felicidade e mereça-a

Que é uma corrida e alcance-a

Que é um dever e cumpra-a.

Preciso de alguém que entenda

Que a vida…

É uma aventura e arrisque-a

Que é um mistério e descubra-a

Que é um desafio e enfrente-a

Que é tristeza e supere-a.

Preciso de alguém que transforme

Transforme a vida

Em oportunidade e aproveite-a

Em felicidade e deguste-a

Em amor e goze-a

Em sonho e sonhe-a

Em realidade e realize-a

Em sucesso e vença-a.

Preciso de alguém que lembre

Que a vida…

É beleza, admire-a

É um sonho, torne-a realidade

É um sentimento, sinta-a

É riqueza, conserve-a

É um hino, cante-a

É preciosa, cuide dela.

Preciso de alguém

Que nunca se esqueça

Que a vida…

É para ser vivida

Que a felicidade…

Não se ganha, se conquista

Que o fracasso

É apenas para quem

Não quer vencer

Que o sonho

Não se torna real dormindo.

Acorde! Eu não estou

Em seus sonhos…

(Irene Marko…)

“FORTE!?”

Incrível como essa melodia suave

Toca fundo  minha alma áspera.

Eu, um complexo ser vaidoso.

Um tremendo ser arrogante

Aqui estou…

Sem maiores pretensões.

Eu, um tremendo ser ambicioso

Aqui estou…

Sem maiores ambições.

Apenas abismado perguntando-me

Como pode um ser tão humilde

Conquistar um alguém como eu?

Pois é…

A única conclusão sensata

Que posso eu chegar

É que fortes, não existem

Existem os poderosos.

E as vítimas do poder,

Essas sim… Sobrevivem.

É… E eu aqui sentada estou

Pasma mas consciente que eis

Uma pilastra quase aos pedaços

Porém forte.

E eu uma torre quase perfeita

Porém frágil.

( Irene Marko…)

Quando me refiro em poderosos

É de sentimentos…

Ambicioso…

É de paixão.

Vaidoso…

É de exigente.

Arrogante…

Dono de escolha.

Publicado 28 de setembro de 2008 por Policxenia em SENTIMENTOS...

Falando sobre YouTube – Billy Paul – Me And Mrs. Jones   2 comments

  

MEU  “MUSO”


Publicado 27 de setembro de 2008 por Policxenia em SENTIMENTOS...

“FOI”   Leave a comment

 

 

“FOI…”

Foi… Foi na falta do amor
Que lhe encontrei.
De uma forma errante de amar
Que aprendi a fugir
De mim, do mundo e de você.
Foi… Foi perdendo noites de sono
Que descobri
O quanto vivi fora da realidade
E dentro do presente.
Foi…Foi errando que me apaixonei.
Por quem me faz sofrer.
Por quem não sei…
Se um dia me amou.
Por quem talvez
Já tenha um outro alguém.
Foi… Foi por mais um erro
Que continuei vivendo
Esse nosso amor
Cheio de esperança.
Do quanto foi…
Ou poderia ser.
E o quanto me dói…
E difícil dizer:
“Meu amor eu lhe perdi”.
( Irene Marko…)

 

Publicado 31 de agosto de 2008 por Policxenia em SENTIMENTOS...

VOU CHAMAR DE AMOR   Leave a comment

 

VOU CHAMAR DE AMOR

 

Ah! Se eu  pudesse te amar, como te amo

Se eu pudesse te ter…

Se eu pudesse te falar e sentir esse amor.

Não posso. Você não me quer.

Você não me permite.

Então só me resta sentir saudade

Do que nunca foi uma realidade.

Só me resta ficar na saudade.

E deixar o “mar da vida” me conduzir.

Quem sabe o fluxo das águas

As insignificantes ondas se encontrem.

(Irene Marko…)

 

Publicado 6 de janeiro de 2008 por Policxenia em SENTIMENTOS...